Soundcloud está em baixa e pode falir

O SoundCloud, plataforma de publicação de áudio usada principalmente por músicos vem enfrentando baixas financeiras. Em reunião recente, a empresa demitiu 40% dos seus funcionários e o clima entre os que ficaram não está nada agradável.

Em entrevista ao TechCrunch, um funcionário afirmou:

“Eu não acredito que as pessoas vão ficar. As pessoas boas do SoundCloud vão sair. Eric disse alguma coisa sobre a “família” SoundCloud e isso provocou risadas. Você acaba de demitir 173 pessoas da família, como diabos você ousa falar sobre família?”

Várias das pessoas demitidas haviam sido contratadas recentemente, algumas há menos de um mês.  Além de terem abandonado seus empregos anteriores para aceitar a oferta de trabalho no SoundCloud, alguns dos novos funcionários chegaram a vender suas casas para se mudar para Berlin e trabalhar no escritório do SoundCloud.

Segundo os funcionários, nada indicava que a empresa estava afundando, já que nenhum corte de despesas foi feito antes da demissão em massa.

Segundo as fontes do TechCrunch, os fundadores do Soundcloud, Alex Ljung e Eric Wahlforss, confessaram que, mesmo com as demissões, a companhia só tinha verba suficiente para continuar operando por mais 50 dias. A empresa negou a informação, mas admitiu que está buscando investidores.

Para garantir a segurança de seus arquivos de áudio que podem estar guardados no serviço, é melhor fazer backup em outro lugar.

Pablo

Fundador, editor, apresentador, idealizador e os olhos oniscientes por trás do Random Geek!

%d blogueiros gostam disto: